Artigos

Como a psicoterapia pode ajudar você a ter uma vida mais plena

Um psicólogo não tem o poder de mudar suas circunstâncias de vida, como por exemplo: te arranjar um emprego ou arrumar sua casa. Mas, a prática da psicoterapia pode lhe ajudar a tomar as rédeas da própria vida e através desse empoderamento você sairá do papel de vítima ou expectadora para o de protagonista. Como isso acontece?

 

A psicoterapia tem como objetivo trazer luz para o que atua em nós de modo inconsciente, ampliando nossa consciência acerca de nossos padrões de pensamentos, sentimentos e comportamentos. Isso é um profundo processo de autoconhecimento.

 

A psicologia acredita que a verdadeira liberdade é interior, por isso investe em compreender os aprisionamentos e bloqueios gerados por traumas emocionais, crenças limitantes e mimetismos comportamentais. 

 

Na sessão de terapia, é criado um espaço de acolhimento no qual você pode falar sem ser julgado mas sim, compreendido empaticamente. Essa escuta atenta e imparcial gera um clima de abertura que o convida a entrar em contato com sentimentos e ideias que estavam guardados, ou talvez, escondidos dentro de si. Este olhar permite o reconhecimento de potencialidades e aceitação de limitações, assim como a construção de caminhos de superação e de sentidos para existir.

 

Em resumo, a psicoterapia tende a melhorar o seu relacionamento consigo mesmo, com as outras pessoas de seu convívio e com o mundo ao seu redor. Ampliando perspectivas e criando novas formas de lidar com os desafios e adversidades, rumando na direção a uma vida mais autoral.

           

 

Quando a psicoterapia é indicada

 

Muitas vezes, encontramos pessoas próximas numa situação de muita confusão emocional e desejamos ajudá-la, porém, percebemos nela uma resistência em aceitar ajuda. Nesse tipo de circunstância, essa pessoa ainda não se encontra aberta para um processo psicoterapêutico, pois pode não estar reconhecendo suas dificuldades e/ou não querendo sair da situação. Nós, só podemos ajudar aquele que solicita ajuda e que a deseja verdadeiramente, caso contrário, provavelmente ela não vai se engajar no processo e pode abandonar a terapia.  

 

Assim, a terapia é indicada a qualquer pessoa que esteja aberta a ampliar a consciência de si mesma e desejando trilhar o caminho do autoconhecimento através de um processo psicoterapêutico. Geralmente as pessoas procuram uma psicoterapia porque estão em algum momento de crise; com alguma dificuldade de compreender ou superar algo; com algum tipo de transtorno psíquico; com questões emocionais mal resolvidas; ou até pela sensação de não se está usando todo o seu potencial.

 

 

A grande virada

 

A terapia ajuda a colocar você no controle, como um rei sentado no trono de si mesmo, reinando a própria vida. Chegar nisso dá muito trabalho, demanda engajamento e comprometimento com o processo.

 

O importante é acolher a vida como ela é, de uma forma completa e não idealizada. A experiência de existir inclui dor e sofrimento, assim como prazer e alegria. A psicoterapia não vai tornar a sua vida livre de problemas e conflitos, mas vai fortalecer a sua capacidade de resiliência e aceitação do que não pode ser mudado, assim como te ajudará na construção de recursos para mudar o que pode ser transformado, tornando a sua vida uma experiência mais rica e integrada.

 

Como acontece a sessão de terapia

 

A sessão dura, em geral, de 45 min à 1 hora, onde o psicólogo e o consulente (aquele que se consulta) se encontram para o atendimento clínico. É importante que você se sinta à vontade para falar tudo que lhe ocorre à mente, sem medo de ser julgado, pois o papel do terapeuta é acolher, compreender, não julgar. Tudo que é dito numa sessão de psicoterapia é sigiloso.

 

É um processo que visa reduzir o sofrimento por meio da identificação e partilha das causas e condições que o mantém, criando estratégias para que a pessoa, por si mesma, aprenda a lidar, no presente e no futuro, com essas dificuldades ou com outras que possam surgir. Assim, a psicoterapia promove mais autoconhecimento, elevação da autoestima, mais habilidade de análise das circunstâncias da vida e maior capacidade de lidar com desafios e dificuldades.

 

Por: Carolina Seabra e Suzana Valença

 

Depoimentos

"Terapeutas maravilhosas, o ambiente é tranquilo, aconchegante, aberto e iluminado. Tive o prazer de vivenciar. Recomendo!"

Luísa Cardoso